Contato
 
               O Sonho de Paraguassu é uma das mais antigas lendas do Brasil,corrente no século XVI e ainda viva nas tradições orais do povo baiano.  Narra o naufrágio da  nau castelhana Madre de Dios em 1535, no local chamado até os dias atuais de Ponta de Castelhanos  e o salvamento heróico realizado por Caramuru a partir da visão mística de Catarina, sua esposa. O local exato onde a nau dos castelhanos encalhou perdeu-se com o tempo.                O outro naufrágio que existe na Ponta dos Castelhanos, excelente local para a pratica do mergulho, é de um navio salineiro do início do século XX.  
                                                    OS          PROTAGONISTAS
Catarina Álvares Caramuru - Paraguassu

 Paraguassu (para = mar + guassu = grande), viúva em 1557, era filha do tuixaua indígena Itaparica, e veio a falecer em idade extrema, respeitada como uma verdadeira matriaca no seio da sociedade que se formava. Chamavam-na,carinhosamente, Guaimi-Pará, a velha Pará. (notas em Lendas Brasileiras - Camara Cascudo). 

Tela a óleo inspirada no painel existente na Igreja da Graça que narra a visão de  Paraguassú  com a  imagem da Virgem.

Diogo Álvares Caramuru

"Diogo Álvares passava ao novo descobrimento da capitania de São Vicente, quando naufragou nos baixos de Boipeba, vizinhos à Bahia. Salvaram-se com ele seis dos seus companheiros, e foram devorados pelos gentios antropófagos, e ele esperado, por vir enfermo, para melhor nutrido servir-lhes de mais gostoso pasto. Encalhada a nau, deixaram-no tirar dela pólvora, bala, armas, e outras espécies, de que ignoravam o uso. Com uma espingarda matou ele caçando certa ave, de que espantados, os bárbaros o aclamaram Filho do trovão, e Caramuru, isto é, Dragão do mar... "

"..Salvou um navio de Espanhóis, que naufragaram, com o que mereceu que lho agradecesse o Imperador Carlos V com uma honrosa carta...".Textos do épico "Caramuru" de Frei Santa Rita Durão 

Imagem de Nossa Senhora da Graça

Foto da imagem da Virgem Maria e o Menino Jesus no altar principal da Igreja de Nossa Senhora da Graça. A imagem é o objeto da lenda o Sonho de Paraguassú que teria sido encontrada na ilha de Boipeba em maio de 1536.  

 

                                                                   A LENDA

                                                                  OS FATOS

Links: http://www.casadatorre.org.br/alvares.htm

http://www.saobento.org/html/body_graca.html